Vereadores proíbem produção e venda de foie gras

A iguaria é elaborada com o fígado gordo de ave; projeto segue agora para sanção do prefeito Fernando Haddad

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou em segunda votação o projeto de lei que proíbe a produção e a comercialização de foie gras em restaurantes, além da venda de artigos de vestuário feitos com pele animal no município.

+ Câmara aprova projeto que restringe carros no Minhocão aos sábados

Ícone da gastronomia francesa, o foie gras é elaborado com o fígado gordo de pato ou de ganso por meio do método conhecido como gavage – em que as aves são submetidas a uma alimentação forçada. Apesar de tradicional, a prática é considerada cruel.

+ Um passeio pela América Latina sem sair de São Paulo

O projeto de lei havia sido aprovado em primeira votação em 2013. Agora, segue para sanção do prefeito Fernando Haddad (PT).

+ Confira as principais notícias da cidade

O autor da proposta é o vereador Laércio Benko (PHS). Umbandista, ele apresentou o projeto após participar de polêmica em que defendeu uso de animais em rituais (O Estado de S. Paulo).

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s