Propagandas por SMS irritam donos de celulares

Spams devem aumentar durante o período da campanha eleitoral

O celular da cantora Natércia Malheiros é bombardeado quase que diariamente por torpedos publicitários. Além dos enviados pela própria operadora, há SMS que ela “ganha” de imobiliárias, promoções de lojas e até de escolas. “Não pedi para receber isso”, reclama.

Atualmente, cerca de 250 milhões de spams são enviados via celular no Brasil por mês, segundo dados do Mobile Entertainment Forum (MEF) da América Latina, câmara especializada que pesquisa o mercado de telefonia. A praga é de responsabilidade de empresas irregulares conhecidas como “chipeiras”. O nome vem da prática demandar lixo eletrônico por meio de chips pré-pagos. Segundo o MEF, existem aproximadamente noventa companhias do tipo no país. Um terço delas opera em São Paulo.

Para ajudar a acabar com o incômodo, as operadoras criaram serviços especiais de bloqueio (veja o quadro abaixo). De acordo com o Procon-SP, é possível ainda fazer uma denúncia contra a empresa responsável pelos spams. “Se a mensagem for insistente, o dono do celular pode brigar por indenização na Justiça”, explica Márcio Marcucci, diretor de fiscalização do órgão. E o bombardeio deve aumentar. Especialistas preveem que o número de SMS deve subir para 500 000 por mês no período eleitoral. “Diversos candidatos, especialmente os que concorrem a deputado estadual e federal, vão utilizar o canal”, alerta Rafael Pellon, gerente-geral do MEF. 

+ Como bloquear as propagandas

  • 7726Clientes de todas as operadoras podem denunciar os torpedos publicitários ao Serviço de Relatório de Spam (SRS). A mensagem indesejada deve ser encaminhada para o número 7726.
  • Claro – Enviar um SMS com a palavra SAIR para 888 ou solicitar o bloqueio pelo canal de atendimento 1052.
  • Oi  Encaminhar a palavra SAIR para o número 55555.
  • TIM – Mandar SMS com a palavra SAIR para o número 4112 ou ligar para *144.
  • Vivo – É necessário entrar em contato com a Central de Atendimento pelo número *8486 ou pelo site www.vivo.com.br, no espaço Meu Vivo. O cliente ainda pode solicitar o cancelamento ou o bloqueio de serviços pelo número *5050.
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s