‘Secos & Molhados’ completa quatro décadas

Lançado em 1973, disco chegou a 1 milhão de cópias vendidas

Para celebrar os quarenta anos de Secos & Molhados,o álbum de estreia da banda homônima, o site RockInPress produziu — e distribuiu pela internet — a coletânea Armazém 73, com artistas da nova geração interpretando versões de clássicos como Assim Assado (por A Banda Mais Bonita da Cidade),Sangue Latino (Mahmundi) e O Vira (Daniel Peixoto).

 

O grupo se destacou na cena paulistana em 1972, durante apresentações na Casa da Badalação & Tédio, anexo do Teatro Ruth Escobar. Gravado entre maio e junho de 1973, o lendário disco vendeu 1 milhão de cópias — os shows de lançamento ocorreram no Teatro Itália.

Secos e molhados

Secos e molhados

A sonoridade do trio formado por Ney Matogrosso, João Ricardo e Gerson Conrad (o baterista Marcelo Frias deixou o conjunto após a sessão de fotos para a capa) os cilava entre MPB, folk e blues, com influências do pop psicodélico dos anos 60. Já o visual, com maquiagem e roupas extravagantes, era inspirado no glam rock, sucesso na mesma época em Londres e Nova York.

 

 

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s