Sabesp admite pela primeira vez que faz racionamento

"Racionamento é algum tipo de restrição do uso da água. É claro que nós temos", diz presidente da Sabesp, Jerson Kelman

O presidente da Sabesp, Jerson Kelman, admitiu pela primeira vez que a redução da pressão da água, intensificada no início da crise em 2014, é um racionamento, o que sempre foi negado pelo governo e pela sua antecessora no cargo, Dilma Pena.

+ Confira outras notícias sobre a crise hídrica em São Paulo

“Racionamento é algum tipo de restrição do uso da água. É claro que nós temos. Se nós reduzimos 30% da produção de água, tem alguma restrição. Agora, há várias formas de racionamento. Uma delas é o rodízio. Outra é redução de pressão, outra é dar cotas para os consumidores. Nós não estamos em rodízio. Rodízio é muito do que nós fazemos hoje, e mais perigoso”, disse.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s