Ronaldo Barbuy: jiu-jítsu para nocautear o colesterol

Em um mês, o administrador abandonou o tabagismo e controlou o problema

O administrador Ronaldo Barbuy entornava várias cervejas nos fins de semana e fumava um maço de cigarros por dia. Um dia resolveu fazer um check-up e descobriu que sua taxa de colesterol estava fora de controle. “Acendeu o sinal amarelo”, lembra. Aos 39 anos e recém-separado, matriculou-se em aulas de jiu-jítsu na Academia Onodera, na Aclimação.

+ Academias paulistanas têm cerca de 30% de alunos acima de 40 anos

Rapidamente, pegou gosto pela coisa. Em um mês de exercícios, abandonou o tabagismo. Aos poucos, controlou também o colesterol. Hoje, aos 41 anos, Barbuy revela, orgulhoso, que sua taxa de gordura corporal baixou de 26% para 18% desde que deixou de lado o sedentarismo, o que o coloca na categoria acima da média entre os homens de sua idade. “Malhar foi uma das melhores decisões que tomei na vida”, afirma. 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s