PM registra furtos e depredação em rolezinho de Itaquera

Cerca de 500 jovens causaram tumulto na tarde de ontem nos arredores do Shopping Metrô Itaquera, na Zona Leste. A PM usou balas de borracha para conter o grupo

Mais três pessoas afirmaram ter sido roubadas durante o rolezinho que acabou em tumulto na tarde de ontem no Shopping Metrô Itaquera e no terminal de ônibus ao lado. Para dispersar os cerca de 500 adolescentes do local, a Polícia Militar usou gás lacrimogêneo e balas de borracha. Somados aos dois outros episódios relatados para a reportagem logo após a ação e a uma loja arrombada, o número de casos de furtos chega a seis.

Dois irmãos, um de 18 e outro de 19 anos, registraram boletim de ocorrência neste domingo (12) e contaram que estavam no terminal quando foram abordados por onze pessoas, todas aparentando menores de idade. Um deles simulava estar armado com a mão embaixo da blusa e exigiu os pertences dos rapazes. Ao tentarem fugir, foram agredidos com chutes e socos. Tiveram celulares, gargantilha, bonés e tênis levados. Em seguida, encontraram uma viatura da PM e reconheceram um dos suspeitos do roubo, de 16 anos, que estava com um dos telefones das vítimas. Ele foi levado para o 24º DP e será encaminhado para a Vara de Infância e Juventude.

Outro estudante relatou também em boletim registrado neste domingo (12) que teve documentos, cartões bancários, boné, óculos, celular e 400 reais roubados por um grupo de cinco jovens. Na noite de ontem, a reportagem conversou ainda com dois adolescentes que tiveram seus objetos levados durante a correria na saída do shopping. “Levaram meu Mizuno de 1 000 reais, minha camiseta de 200 reais, minhas pratas, meus ouros”, afirmou um deles, Mateus Adelino, de 14 anos.

 

De acordo com a PM, alguns produtos também foram roubados de uma loja de videogames que teve as portas arrombadas durante a confusão. Na hora, seguranças do shopping surpreenderam dois adolescentes, de 15 e 19 anos, com pedaços de pau. No 24º DP os suspeitos negaram o crime, e a polícia os liberou. Ninguém da loja prestou queixa ainda.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s