Rio de Janeiro para iniciantes

Ver a cidade do alto do Pão de Açúcar, caminhar pelas calçadas de Copacabana e tomar chope nos botecos típicos: o guia perfeito para uma primeira viagem

Subir ao Cristo Redentor

Cerca de 2.500 pessoas visitam uma das sete novas maravilhas do mundo moderno todos os dias, erguida no topo do Corcovado, a 710 metros de altura. A melhor maneira de se juntar a elas é embarcar no trenzinho que sai da Rua Cosme Velho, 513 (tel.: 21 2558-1329. 8h30/19h. R$ 43,00 (ida e volta). www.corcovado.com.br) e demora vinte minutos para chegar até o topo numa estrada de ferro aberta em 1884. Lá em cima, além do intimidador tamanho da estátua inaugurada em 1931, com seus 38 metros de altura e 1.140 toneladas de peso, a vista é arrebatadora. Também é possível subir de carro (estacionamento na Estrada das Paineiras, tel.: 21 2225-7074. 8h/19h. R$ 2,00 (por hora). De lá, ida e volta de van, R$ 26,43).

+ Rio de Janeiro: o outro lado da ponte aérea

+ Rio de Janeiro além dos passeios básicos

+ Rio de Janeiro para os experts

Andar no bondinho do Pão de Açúcar

Há 99 anos era inaugurado o teleférico que permitiria, pela primeira vez, o acesso ao Pão de Açúcar. Logo apelidado de bondinho, a estrutura, toda de vidro, percorre dois trechos independentes, num total de 1.263 metros. O primeiro liga a Praia Vermelha ao Morro da Urca, a 227 metros de altura; o segundo, o Morro da Urca ao Pão de Açúcar propriamente dito, a 396 metros. De ambos a vista descortina a Praia de Botafogo, da Urca, o Flamengo, o bairro da Glória, o Aeroporto Santos Dumont… Quanto mais alto o mirante, mais bonitas as fotos. Neste ano foi inaugurado o Museu do Cocuruto, que narra a história e conta curiosidades do bondinho. Avenida Pasteur, 520, Urca, tel.: 21 2546-8400. 8h/21h (a bilheteria fecha às 19h50). R$ 53,00 (ida e volta). www.bondinho.com.br.

Pegar praia no Leblon e em Ipanema

Palco de um eterno vaivém de globais e celebridades em geral, as duas praias vizinhas são donas das areias mais badaladas da orla carioca. Para ir direto ao bochicho, rume para o Posto 9, em Ipanema, que acaba de inaugurar um mirante em frente da Rua Vinicius de Moraes. Em uma área de 72 metros quadrados cercada de verde, tem ducha movida a energia solar e belas vistas. O trecho diante da Rua Farme de Amoedo é reduto GLS. Uma vez instalado, prove as delícias sagradas das areias da cidade: os biscoitos Globo, feitos de polvilho, que há seis décadas fazem a alegria dos banhistas, e chá-mate — o clássico dos clássicos é servido em tonéis. 

Emendar num bar direto da praia

Tem coisas que só o Rio de Janeiro faz por você. Que tal sair da praia em traje de banho e chinelo para se instalar, ainda sujo de areia (e muitas vezes com a sua própria cadeira de praia), em alguns dos melhores bares da cidade? Um dos mais concorridos, o Bracarense (Rua José Linhares, 85, loja B, Leblon, tel.: 21 2294-3549. 9h/0h (dom. até 22h) serve um delicioso bolinho de aipim com camarão e catupiry. No Jobi (Avenida Ataulfo de Paiva, 1166, loja B, Leblon, tel.: 21 2274-0547. 10h/5h), o chope sempre bem tirado pode ser acompanhado de empadas fresquinhas de frango, camarão ou palmito. E no Belmonte (Praia do Flamengo, 300, loja B, tel.: 21 2552-3349. 9h/3h. www.botecobelmonte.com.br), outro clássico inaugurado em 1952 (mas totalmente repaginado em 2002), a pedida para acompanhar a bebida são os pastéis fritos na hora.

Caminhar pelo calçadão de Copacabana

A praia brasileira mais famosa no exterior merece uma caminhada de ponta a ponta, ainda que seja apenas pela moldura. Sua calçada de pedras portuguesas com desenhos em forma de ondas, construída em 1906, tornou-se uma verdadeira instituição carioca. Inspirada nas calçadas de Lisboa, é o tapete vermelho dos 2 milhões de pessoas que invadem as areias do lugar todos os anos na noite do réveillon.

Visitar o Jardim Botânico

Maior coleção de plantas do Brasil, com cerca de 9.000 espécies, o Jardim Botânico do Rio foi construído a pedido de dom João VI (então príncipe regente) em 1808. O objetivo era criar um ambiente para aclimatar as raridades vindas do Oriente. São imperdíveis as alamedas cercadas de palmeiras-imperiais e o lago recheado de vitórias-régias. Há visitas guiadas gratuitas em carrinhos elétricos. Rua Jardim Botânico, 1008, tel.: 21 3874-1808. 8h/18h. R$ 6,00. www.jbrj.gov.br

BB Lanches no Rio de Janeiro - 2249

BB Lanches no Rio de Janeiro – 2249

Provar dezenas de sabores de suco

Lichia, umbu, tamarindo, graviola, blueberry, lima-da-pérsia, cacau. Também abacaxi, manga, acerola, amora… Para acompanhar as dezenas de sabores de suco, as opções vão de sanduíches naturais a hambúrgueres e filés com queijo. No Rio, cada esquina que se preze abriga uma casa de sucos. Elas estão por toda a cidade, mas as mais charmosas ficam no Leblon. Tem a BB Lanches (Rua Aristides Espínola, 64, loja A, tel.: 21 2294- 1397. 9h/3h (sex. e sáb. até 5h), a Big Polis (Avenida Ataulfo de Paiva, 505, tel.: 21 2259-2597. 8h/2h (sex. e sáb. até 3h). www.bigpolis.com.br) e a Bibi Sucos (Avenida Ataulfo de Paiva, 591 A, tel.: 21 2259-0000. 8h/1h (sex. e sáb., até 2h40). www.bibisucos.com.br).

Ir a um dos restaurantes da badalada Dias Ferreira

Entre as avenidas Bartolomeu Mitre e Ataulfo de Paiva, no coração do Leblon, os 700 metros da Rua Dias Ferreira concentram uma série de bares e restaurantes concorridíssimos. É possível dar a volta ao mundo apenas nos cardápios. Frequentado até por Madonna, quando esteve na cidade, o Sushi Leblon (nº 256, tel.: 21 2512-7830. 12h/1h30 (seg. 12h/16h e 19h/1h30). www.sushileblon.com) serve do trivial sashimi a receitas mais surpreendentes, caso do sushi de vieiras com lichia e do ceviche de ouriço do mar. No Sawasdee (nº 571, tel.: 21 2511-0057. 9h/0h (dom. a partir das 10h). www.sawasdee.com.br), os sabores vêm da Tailândia — de entrada, tente o satay de frango ou camarão, espetinhos marinados no leite de coco e curry, apresentados com molho adocicado de amendoim; entre os pratos principais, uma boa pedida é o royal pad thai, uma massa de arroz com broto de feijão, camarão e ovos. E no Zuka (nº 233, loja B, tel.: 21 3205-7154. 12h/16h e 19h/1h (seg. a partir das 19h; sáb. e dom. 12h/0h. www.zuka.com.br) o destaque são os grelhados — de peixes e frutos do mar a carnes de cortes argentinos. 

Salgueiro - Rio de Janeiro - 2249

Salgueiro – Rio de Janeiro – 2249

Se acabar na quadra das escolas de samba

Os ensaios das escolas de samba já estão a mil. Decore o enredo do próximo Carnaval, ensaie uns passinhos e caia na folia! São boas alternativas as quadras da Salgueiro (Rua Silva Teles, 104, Andaraí, tel.: 21 2238-9226. A partir das 20h (qua.); 22h/4h30 (sáb.). Grátis (qua.) e R$ 30,00 (sáb.). www.salgueiro.com.br) e da Unidos da Tijuca (Avenida Francisco Bicalho, 45, Santo Cristo, tel.: 21 2516-2749. A partir das 22h (sáb.). Grátis (mulheres até 0h) e R$ 10,00. www.unidosdatijuca.com.br).

Vasculhar as prateleiras das ótimas livrarias

Lindas e com um ótimo acervo de títulos de arte, fotografia, design, cinema e literatura em geral, há livrarias que são verdadeiras atrações turísticas na cidade. É o caso da Travessa (Rua Visconde de Pirajá, 572, tel.: 21 3205-9002. 9h/0h (dom. a partir das 10h). www.travessa.com.br), em Ipanema, e da Argumento (Rua Dias Ferreira, 417, tel.: 21 2259-9398. 9h/0h30 (dom. a partir das 10h30). www.livrariaargumento.com.br), no Leblon. Dentro da última funciona o Café Severino (fecha sempre meia hora antes), perfeito para ir sem pressa e embalar as tardes com delícias como o brownie com nozes e sorvete, o crumble de banana ou o café Baileys, feito com licor Baileys e chantili.

Cair na balada na Lapa

Desde que foi revitalizada, a região nos arredores virou referência de diversão até alta madrugada. Shows de samba, chorinho, gafieira, MPB e forró animam as pistas de dança todos os dias da semana em endereços como o Rio Scenarium (Rua do Lavradio, 20, tel.: 21 3147-9005. 18h30/último cliente (sex. a partir das 19h; sáb. a partir das 20h; fecha dom. e seg.). www.rioscenarium.com.br) e o Carioca da Gema (Rua Mem de Sá, 79, tel.: 21 2221-0043. 19h/2h (qui. a dom. 21h/3h). www.barcariocadagema.com.br). Filas na porta costumam ser comuns.

Esticar a noite como manda o figurino

Alguns botequins ficaram famosos por seus petiscos. No badalado Chico e Alaíde (Rua Dias Ferreira, 679, Leblon, tel.: 21 2512-0028. 10h/22h (sex. e sáb. até 1h). www.chicoealaide.com.br), a estrela é o “totivendo”, um escondidinho ao contrário, com o recheio no topo. No Aconchego Carioca (Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira, tel.: 21 2273-1035. 12h/23h (dom. e seg. até 18h), o clássico é o bolinho de feijoada. Na madrugada, vá ao Cervantes e peça o sanduíche de pernil com abacaxi. (Avenida Prado Júnior, 335, loja B, Copacabana, tel.: 21 2275-6147. 12h/4h (sex. e sáb. até 6h; dom. até 2h; fecha seg.). www.restaurantecervantes.com.br). E na Pizzaria Guanabara (Avenida Ataulfo de Paiva, 1228, Leblon, tel.: 21 2294- 0797. 24h. www.pizzariaguanabara.com.br) as redondas podem ser acompanhadas de ketchup sem preconceito.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s