Miriam Vasserman: resgate à memória

Miriam Vasserman organiza exposição para homenagear famílias arrasadas pelo holocausto

Como forma de homenagear as famílias arrasadas pelo holocausto, a presidente da União Mundial pelo Judaísmo Progressista, Miriam Vasserman, organizou uma exposição que deve emocionar. Batizada de ‘Shoá — Reflexões por um Mundo Mais Tolerante’, a mostra multimídia fica em cartaz entre sexta (28) e 4 de julho no Sesc Pompeia.

Em hebraico, Shoá significa destruição. “Teremos fotos, vídeos, computadores e livros para, ao contar bem esse período da história, combater a intolerância”, diz Miriam, que perdeu familiares em campos de concentração nazistas. Objetos pessoais de sobreviventes, como passaportes, talheres e relógios, poderão ser vistos. “É um grito contra a intolerância.” 

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s