Após sofrer pressão, reitor da USP recebe grevistas em Ribeirão Preto

Marco Anôntio Zago foi à cidade para encontro na Faculdade de Medicina, mas teve de dialogar com sindicalistas

O reitor Marco Antônio Zago se encontrou com funcionários que estão em greve em Ribeirão Preto, no interior do estado, na manhã desta sexta-feira (13). Zago foi à cidade para uma reunião na Faculdade de Medicina quando foi cercado por manifestantes. Diante da pressão, o reitor aceitou conversar com três representantes. 

De acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), André Orlandini, os funcionários querem que negociações sobre a greve sejam reabertas. “Não queremos prejudicar toda a universidade. Ele mostra planilhas que diz que não tem recursos financeiros para discutir reajuste salarial, mas nega informações sobre a fonte de renda da universidade. Pedimos transparência das contas da universidade”, diz.

Os funcionários entraram em greve no dia 27 de maio são contrários ao adiamento da discussão de aumento salarial para setembro. Normalmente, os servidores recebem reajustes no mês de maio.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s