Nova rádio Estadão ESPN segue onda das FMs que só veiculam informações

Estreia será neste domingo (27) nos 92,9 MHz, que era sintonia da Eldorado

Poucas coisas são mais irritantes do que o trânsito paulistano. Para quem vive na cidade, as horas atrás do volante ou sacolejando no ônibus estão entre as mais desgastantes, infrutíferas e repletas de mau humor. Nesse terreno estéril, porém, algo tem frutificado: as rádios de notícia. Tradicionais em AM, elas buscam na FM ouvintes seletos e transmissões de melhor qualidade.

Já são ao menos quatro do gênero na cidade. A quinta, com estreia prometida para este domingo (27), será a rádio Estadão ESPN, parceria do Grupo Estado, que publica o jornal “O Estado de S. Paulo”, com a Disney & ESPN Media Networks, responsável pelo canal esportivo. Habitará os 92,9 MHz, até então sintonia da musical Eldorado, também do grupo.

A mesma programação será transmitida nos 700 KHz da antiga Eldorado AM, que já era exclusivamente jornalística e também muda de nome. No meio da redação do “Estadão”, foi montado um estúdio para que profissionais do jornal participem. “O repórter que deu um ‘furo’ e o editor especialista em determinado assunto entrarão ao vivo”, diz o diretor de conteúdo, Ricardo Gandour. Jornalistas da ESPN, como o diretor José Trajano, integrarão a cobertura esportiva.

Já a BandNews reforçou seu time futebolístico e estreará na transmissão de jogos no domingo (27), com o clássico São Paulo e Corinthians, às 16 horas. A coordenação é de Eduardo Barão, um dos apresentadores do jornal matutino da emissora, em companhia de Luiz Megale, Tatiana Vasconcellos e Ricardo Boechat.

Na terça (22), ao receberem a reclamação de uma ouvinte de que o Túnel Max Feffer tinha as luzes piscando e parecia uma pista de dança, puseram uma música em alto volume e forjaram uma balada subterrânea. “Oi, você está indo para que sentido, centro ou bairro?”, disse Megale à colega, em tom de cantada. “Queremos mostrar que rádio não é uma coisa chata nem sisuda”, diz o âncora. Enquanto lê as notícias, ele improvisa piadas, controla a entrada de comerciais, falas dos convidados, vinhetas e mensagens de ouvintes.

“Os apresentadores são DJs de notícia”, diz o diretor de jornalismo André Luiz Costa. Criada há quatro anos, a SulAmérica Trânsito, dedicada exclusivamente a informações sobre congestionamentos e atalhos para fugir deles, é exemplo bem-acabado do impacto do trânsito nas emissoras. Quem prefere sintonizar música encontrará o conteúdo da Eldorado nos 107,3 MHz, antigo habitat da roqueira Brasil 2000. As duas se fundirão em uma só estação, a Eldorado Brasil 3000.

DO FUNK AO FURO

Vinte anos depois da estreia da CBN, que rivaliza com a Bandeirantes, outras rádios noticiosas proliferam na FM em São Paulo. A SulAmérica Trânsito recebe 7 000 mensagens por dia.

Rádios FM de notícias

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s