Quase quarenta manifestantes são detidos em protestos

Destas, 26 podem ser responsabilizadas por delitos no Estado

Um total de 39 pessoas foram conduzidas a delegacias no Estado de São Paulo durante e após as manifestações dessa sexta (28). Desse total, 26 estão sendo associadas a delitos, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública.

Durante a noite, na região do Alto de Pinheiros, agências bancárias, restaurantes e supermercados foram depredados.

Um dos atacados foi o tradicional restaurante Senzala, localizado na Praça Panamericana.

Por volta das 20h, os manifestantes caminharam do Largo da Batata em direção à casa do presidente Michel Temer, no mesmo bairro.

A polícia usou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar as pessoas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s