Policiais do Garra à paisana: não é o Village People

Vestidos como na foto ao lado, policiais civis do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos, o Garra, prenderam na segunda-feira passada uma quadrilha que roubava carga na região da Rua 25 de Março, no centro. Envolvendo um total de cinquenta homens, a investigação durou 35 dias e incluiu trajes similares aos de funcionários da construção civil, da Eletropaulo, da Sabesp, da CET e da Limpurb, além de farrapos como os usados por moradores de rua. “Esta é a segunda operação desse tipo”, conta o delegado Osvaldo Gonçalves, supervisor do Garra. Em julho, os tiras disfarçados haviam prendido na Praça da Sé 56 suspeitos de crimes como tráfico de drogas e falsificação de documentos. “Ficamos melhor que o Village People”, brincou um deles.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s