Ruas da Lapa homenageiam obras do poeta Paulo Bomfim

Cantiga do Desencontro e Calendário são algumas das placas poéticas

Seis pequenas ruas paralelas localizadas no bairro da Lapa de Baixo, na Zona Oeste, homenageiam o poeta paulistano Paulo Bomfim. O conjunto de vias faz referência a livros do escritor preferido do ex-prefeito Olavo Setubal, que as batizou em 1977. Todas partem da Rua William Speers, às margens da linha do trem, e terminam na Rua Manequinho.

Veja também

Na década de 60, quando eram conhecidas apenas pelos nomes de “Passagem”, numeradas de 1 a 6, as casinhas geminadas já faziam parte de sua paisagem. Por ali, a velocidade máxima dos veículos não ultrapassa 20 quilômetros por hora. Confira os nomes:

> Cantiga do Desencontro
> Tempo Reverso
> Relógio do Sol
> Sinfonia Branca
> Calendário
> Ramo de Rumos

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s