Polícia Rodoviária apreende 14 toneladas de carne estragada na Dutra

Motorista disse para os policiais que o produto seria reaproveitado apesar do estado de decomposição

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu aproximadamente 14 toneladas de carne bovina em avançado estado de putrefação, no quilômetro 219 da Dutra, na tarde desta quinta (16). As 180 peças eram transportadas em um caminhão que estava com o sistema de refrigeração danificado.

Empilhadeira tomba e deixa homem ferido no Ceagesp

O motorista informou para a polícia que transportou a carne de Uberaba até Belo Horizonte, em Minas Gerais. Entretanto, no destino final, o alimento não foi aceito porque estava estragado.

carne

carne

Com isso, a carga foi negociada com uma indústria no interior de São Paulo. Mas novamente o produto não foi aceito. No momento da apreensão, a carga retornava para Uberaba, onde seria reaproveitada em outro processo, mesmo em estado de decomposição.

Acompanhe as principais notícias da cidade

De acordo com a polícia, o osso em pó seria aproveitado em ração animal. Já a carne, provavelmente, passaria por um processo químico para ser transformada em charque. A Vigilância Sanitária de Guarulhos foi acionada para que o produto fosse destruído após a realização dos laudos necessários.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s