Paulistanos descobrem a arte oriental do kiri-e

Quer aprender a criar ilustrações em papéis?

Mais de 200 paulistanos já descobriram como é demorado fazer um kiri-e (lê-se kiriê), arte oriental milenar de criar ilustrações em papéis recortados minuciosamente. “É como um desenho feito com estilete em vez de lápis”, explica Mari Kanegae (foto), que desde 1985 ministra aulas na Aliança Cultural Brasil-Japão (☎ 3209-6630), na Liberdade. Entre terça (26) e quinta (28) ela dará um novo curso da técnica que aprendeu no Japão. Bem mais complexo que o origami, o kiri-e exige paciência do artista. “Para fazer o quadrinho da foto, levei duas horas e meia.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s