Parque do Belém pode receber escola de circo

A ideia é oferecer cinco cursos gratuitos para até 1 000 alunos

Mudança pouca é bobagem. Parte dos 255 000 metros quadrados do Parque do Belém, na Zona Leste, onde entre 1973 e 2007 funcionou o reformatório da Febem, pode receber até o fim do ano uma escola profissionalizante de circo. A ideia é oferecer cinco cursos gratuitos — de malabarismo a palhaçaria — para até 1 000 alunos. Ao lado do esqueleto reformado, terá lugar uma tenda de 54 metros de diâmetro e 32 de altura (a mais alta do mundo), com capacidade para 1 200 pessoas. “Revitalizar um lugar como esse é trocar tristeza por alegria”, resume o diretor Ivam Cabral.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s