Paribar volta às origens

Mais nova ação de retorno ao passado é o lançamento de um cardápio com pratos servidos na antiga casa

Fundado em 1949 na Praça Dom José Gaspar, o Paribar foi reduto da boemia paulistana até 1983. A foto, do ano de seu fechamento, retrata a fachada clássica, com o toldo listrado. Em abril do ano passado, Luiz Campiglia, dono do Santa Fé, que passou a funcionar no mesmo endereço em 2005, resgatou o nome e várias características do bar original, como as cadeiras de vime. A mais nova ação de retorno ao passado é o lançamento de um cardápio com pratos servidos na antiga casa, criado em conjunto com José Oliveira, que trabalhou como garçom no local entre 1967 e 1979. O destaque do menu, disponível ao público até o dia 29, é o filé à meninão, em homenagem ao colunista social Álvaro Luís Assumpção. A partir do dia 25, também serão expostas fotos históricas e louças que eram usadas no restaurante.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s