Escolha seus favoritos no Oscar 2011

Veja quais foram os treze longas-metragens que tiveram indicação em ao menos uma das quatro categorias principais (filme, direção, ator e atriz)

A entrega do Oscar está marcada para 27 de fevereiro. Pelo segundo ano consecutivo, dez produções (e não as cinco habituais) concorrem à estatueta de melhor filme. Veja a lista de filmes com indicações nas categorias principais e faça suas apostas.

+ Especial Oscar 2011

+ Vote nos filmes que devem ser premiados

EM CARTAZ

A Rede Social

Deve brigar com “O Discurso do Rei” pelos prêmios principais, incluindo o de melhor filme. Em cartaz desde dezembro, o enérgico longa-metragem do mesmo realizador de “O Curioso Caso de Benjamin Button” narra a tumultuada criação do site de relacionamentos Facebook. Está ainda na disputa pelos troféus de melhor diretor (David Fincher), roteiro adaptado, ator (Jesse Eisenberg), fotografia, montagem, mixagem de som e trilha sonora.

Minhas Mães e Meu Pai 

No páreo para melhor filme, a comédia dramática estreou em novembro, saiu de cartaz e já retornou aos cinemas, impulsionada pelas quatro indicações. Annette Bening e Mark Ruffalo concorrem a melhor atriz e ator coadjuvante, respectivamente.

Biutiful 

Biutiful

Biutiful

O drama do mexicano Alejandro González Iñárritu foi indicado a melhor filme estrangeiro e Javier Bardem garantiu vaga na disputa para melhor ator. O astro espanhol faturou, em 2008, o Oscar de coadjuvante por “Onde os Fracos Não Têm Vez”.

ESTREIA

Inverno da Alma 

Inverno da Alma - 2202

Inverno da Alma – 2202

Surpresa da corrida, o drama compete em quatro categorias. A esperada indicação de melhor atriz para a jovem Jennifer Lawrence, de 20 anos, trouxe bons ventos à fita, que disputa os prêmios de melhor filme, roteiro adaptado e ator coadjuvante — uma grande atuação de John Hawkes, que faz o violento tio da protagonista. Nas telas desde sexta-feira (28).

EM DVD E BLU-RAY

“Toy Story 3” 

Toy Story 3 - 01

Toy Story 3 – 01

O derradeiro episódio da trilogia chega ao Oscar com pinta de campeão em ao menos uma categoria e deve levar, merecidamente, a estatueta de melhor animação. Seu sucesso de público e crítica foi tanto que concorre também a melhor filme de 2010, melhor roteiro adaptado, canção e edição de som.

“A Origem” 

A Origem - 2202

A Origem – 2202

Um dos trabalhos mais criativos de 2010 foi recompensado com oito indicações: melhor filme, fotografia, direção de arte, trilha sonora, roteiro original, efeitos visuais, edição de som e mixagem de som. O diretor Christopher Nolan e o astro Leonardo DiCaprio ficaram, injustamente, de fora.

EM BREVE

O Discurso do Rei

O Discurso do Rei

O Discurso do Rei

Recordista do ano em indicações, o drama inspirado em fatos reais foca no reinado de George VI (1895-1952) que, dono de uma impressionante gagueira, assume o trono inglês após a abdicação de seu irmão. Melhor filme, direção (Tom Hooper), ator coadjuvante (Geoffrey Rush) e atriz coadjuvante (Helena Bonham Carter) são algumas das doze categorias nas quais concorre. Quase certa, porém, é a vitória de Colin Firth para melhor ator. Chega aos cinemas dia 11, mas já está em pré-estreia.

Cisne Negro 

Cisne Negro - 2202

Cisne Negro – 2202

Natalie Portman, apontada como melhor atriz, arrasa como uma bailarina atormentada, enquanto Darren Aronofsky corre atrás do Oscar de melhor direção. Há também indicações a melhor filme, fotografia e montagem. Lançamento na sexta (4).

O Vencedor 

O Vencedor

O Vencedor

Fabuloso como um viciado em crack, Christian Bale deve levar a estatueta de ator coadjuvante. Inspirado em fatos verídicos, o drama, em cartaz a partir da sexta (4), briga ainda em seis categorias, incluindo melhor filme e diretor.

127 Horas 

127 Horas

127 Horas

Na pele de um alpinista, James Franco é um dos finalistas ao troféu de melhor ator. A nova fita de Danny Boyle, diretor de “Quem Quer Ser um Milionário?” (2008), tem mais cinco indicações, incluindo melhor filme. Estreia em 18 de fevereiro.

Bravura Indômita

Bravura Indômita - 2202

Bravura Indômita – 2202

A refilmagem do faroeste homônimo de 1969 vai lutar por dez prêmios. Entre eles: melhor filme, direção (dos irmãos Ethan e Joel Coen) e roteiro adaptado. Vencedor do Oscar de melhor ator em 2010, Jeff Bridges volta à competição. Chega às telas em 11 de fevereiro.

Namorados para Sempre

Namorados para Sempre

Namorados para Sempre

Indicada ao Oscar de coadjuvante por seu papel em “O Segredo de Brokeback Mountain” (2005), Michelle Williams volta à disputa, agora na categoria principal. O filme está prometido apenas para 10 de junho.

Reencontrando a Felicidade

Reencontrando a Felicidade

Reencontrando a Felicidade

Na pele de uma mãe abalada após a morte do filho, Nicole Kidman entra pela terceira vez na briga pelo Oscar. A estrela já venceu em 2003 por “As Horas”, interpretando a escritora Virginia Woolf. Estreia prevista só para 6 de maio.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s