O homem-vitrine da Rua Augusta

Desde o início do mês, o artista gráfico Daniel Sorbello, de 31 anos, chama a atenção de quem passa pela Rua Augusta em direção à Avenida Paulista. De segunda a sábado, das 12 às 20 horas, ele se posta em um pequeno ateliê instalado na vitrine de uma loja de mochilas e começa a desenhar. Customiza artigos que custam de 99 a 460 reais usando canetinhas, tinta de tecido, spray, verniz… Morador de Santo Amaro, ele é conhecido no meio do grafite como Daniel Zero. Trabalha como customizador nos fundos do estabelecimento há três anos. Para celebrar o Dia das Crianças, foi para a frente do público. “Trabalharia assim só uma semana, mas, como a procura pelo serviço aumentou 20%, continuarei de castigo até o fim do mês”, brinca o designer.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s