O Edifício Bretagne de Artacho Jurado

Erguido na década de 50 em um terreno de 4 000 metros quadrados na Avenida Higienópolis, o Edifício Bretagne apresentava opções de lazer então raras aos moradores de condomínios da época. Um belo jardim, piscinas, salão de chá, sala de música, bar americano e área com brinquedos para crianças eram seus diferenciais. Isso tudo, aliado ao estilo do arquiteto que o projetou, João Artacho Jurado (1907-1983), colocou o prédio na rota de personalidades estrangeiras que visitavam a cidade. Em 1958, estiveram ali o ator americano Leonard Franklin Slye – que interpretava o caubói Roy Rogers – e a miss Estados Unidos Eurlyne Howell (à dir. na foto). As imagens integram o livro Artacho Jurado – Arquitetura Proibida, de Ruy Eduardo Debs Franco, lançamento da editora Senac.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s