Mudança nas estações de metrô é a nova moda entre deputados

Na falta do que fazer, alguns deputados estaduais dedicam-se a mudar o nome de estações do metrô. Só neste ano conseguiram rebatizar três delas. Além dos aborrecimentos causados à cidade e aos passageiros, cada mudança custa caro – 750.000 reais. É preciso mudar todas as plaquinhas nas estações e os mapas, por exemplo. “Mas o maior problema é o transtorno para a população, já que os nomes são referenciais urbanos muito fortes”, afirma Luiz Cortez Ferreira, da gerência de planejamento do Metrô. Confira as últimas mudanças (e duas que estão por vir):

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s