Motoqueiro é assassinado na Marginal Tietê

Geraldo Silveira achou que pessoas nas margens da via precisavam de ajuda e parou para prestar auxílio, mas se tratava de bandidos roubando uma moto

Por volta das 5h50 da madrugada desta quarta (23), um motoqueiro de 57 anos foi assassinado na Marginal Tietê, na altura da Ponte da Freguesia do Ó.

Dois criminosos a bordo de uma moto roubavam uma outra moto, do modelo BMW F800, quando Geraldo Silveira parou para ajudar. Achava se tratar de pessoas que precisavam de socorro nas margens da via. Ao tentar intervir, foi confundido com um policial, e levou três tiros. Morreu ali mesmo.

+ André Esteves cumpre prisão domiciliar no Jardim América

Moradora de Osasco, a vítima trabalhava em uma gráfica e estava a caminho de casa.

Os bandindos fugiram, com direção à Castelo Branco, e ainda não foram encontrados. O caso foi encaminhado para o 40º DP.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s