Milton Nascimento recita Carlos Drummond de Andrade

Os dois ícones mineiros se encontram no espetáculo "Ser Minas Tão Gerais"

Uma década atrás, o grupo mineiro Ponto de Partida montou um espetáculo para homenagear dois ícones do estado, o poeta Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) e o compositor Milton Nascimento, que festeja 70 anos em 26 de outubro. Com texto e direção geral de Regina Bertola, o musical Ser Minas Tão Gerais buscou nas palavras desses dois nomes a essência para construir a dramaturgia. Haverá duas apresentações especiais, no sábado (29) e domingo (30), no Teatro Alfa, para marcar o lançamento em DVD.

+ Os melhores espetáculos em cartaz

+ Confira a agenda de shows dos cantores setentões

O elenco de treze atores junta-se às quarenta vozes do coro Meninos de Araçuaí e a cinco instrumentistas com uma novidade: a presença do próprio Milton, em sua primeira investida como ator no palco, recitando versos de Drummond e também trechos de sua obra em meio aos personagens.

O amor da canção “Paula e Bebeto” e os meninos de “Bola de Meia”, “Bola de Gude” ganham a cena. De Drummond, surgem “Visões”, “No Meio do Caminho” e “O Amor Bate na Aorta”, entre outros.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s