Mesquita Brasil será ampliada

Eram palestinos os muçulmanos que deram início, em 1927, ao que viria a ser o primeiro templo islâmico do país, na Avenida do Estado. Voltados para Meca, recitavam o Alcorão em salas alugadas para orações no Cambuci. “Esse lugar só viria a ser registrado oficialmente como Mesquita Brasil em 1929”, diz o xeque Armando Hussein Saleh. Oitenta anos depois, a cidade já conta com outras cinco mesquitas, especialmente cheias quando, como agora, há guerra no Oriente Médio. Na semana passada, a mesquita pioneira tinha outro motivo para agitação. Começaram ali as obras de expansão, que incluem a construção de um prédio anexo de 1?800 metros quadrados. A reforma não vai atrapalhar as tradicionais rezas às sextas-feiras, das 13h30 às 14h30, que reúnem em média 400 seguidores e são abertas também a não-muçulmanos.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s