Manifestações de médicos e centrais sindicais bloqueiam a Paulista

Profissionais da área de saúde lutam contra a contratação de estrangeiros sem a validação do diploma

Duas manifestações interditaram a Avenida Paulista nesta quarta-feira (3). De um lado, cerca de 1 000 médicos protestaram contra o projeto do governo federal para contratar profissionais estrangeiros para trabalhar em áreas carentes. Do outro, aproximadamente 1 500 integrantes de centrais sindicais, apoiados por integrantes do Movimento Passe Livre (MPL), exigiram moradia, saúde, transporte e educação.

 

Os médicos saíram da sede da associação, na Rua São Carlos do Pinhal, e seguiram para o gabinete da Presidência da República, na esquina da Avenida Paulista com a Rua Augusta. Lá, um grupo de manifestantes entregou um documento com as reivindicações para representantes do governo federal. 

O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Renato Azevedo Júnior, disse que a categoria não é contra a contratação de médicos estrangeiros. Entretanto, exige a revalidação do diploma. “O médico do sistema público no Brasil não tem plano de carreira, condições de trabalho ou segurança.”

Protesto médicos

Protesto médicos

Para ele, o ideal seria o governo criar carreiras públicas. Assim, seria possível atrair jovens médicos para lugares remotos, já que com o passar dos anos eles conseguiriam a transferência para grandes centros.

Sindicalistas

Perto do prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), os médicos encontraram a manifestação formada por integrantes das centrais sindicais e também do MPL, que saiu da Praça Oswaldo Cruz.

Com carro de som e bandeiras, o grupo protestava contra a realização da Copa do Mundo no Brasil, pedindo investimentos em moradia, saúde, transporte e educação. Por causa dos protestos, o trânsito da Avenida Paulista foi interdita nos dois sentidos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s