Masp abre sala especial para as bailarinas de Edgar Degas

Compradas em 1951 pelo magnata da imprensa Assis Chateaubriand, fundador do Masp, as 73 bailarinas de bronze do impressionista francês Edgar Degas (1834-1917) raramente são vistas pelos paulistanos. Requisitadíssimas por outros países, elas foram as vedetes numa recente individual do artista no museu. Mas isso depois de sete anos da última exibição. A boa notícia é que 38 dessas peças, entre elas a Bailarina de Quatorze Anos – que, com quase 1 metro de altura e vestida de corpete e saia tutu, foi a única exposta pelo autor em vida –, ganharam no último dia 18 uma sala permanente no museu.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s