Angolano investe 11,5 milhões de reais em hotel no centro da cidade

Empresário quer inaugurar um hotel-butique no segundo semestre de 2012

Tem passaporte angolano o novo entusiasta do centro de São Paulo. Ex-marido de uma filha do cantor Djavan e proprietário de rede de lavanderias e grife de roupa em seu país natal, Mário Almeida promete reformar um prédio de 2 800 metros quadrados projetado por Ramos de Azevedo. Comprado por 1,5 milhão de reais em 2007, o extinto Hotel Central, na Avenida São João, receberá outros 10 milhões de investimento a partir deste mês. Almeida quer transformá-lo em um hotel-butique. “Terá 44 quartos e um restaurante no topo com vista de tirar o fôlego para o Vale do Anhangabaú”, diz ele, também dono das galerias de arte africana SOSO e SOSO +, ambas na mesma São João. Futuro vizinho da Praça das Artes, o empreendimento deve ser inaugurado no segundo semestre de 2012.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s