Maria Aparecida Corrêa: há 70 anos na mesma empresa

Em 1939, Maria Aparecida Corrêa (no destaque) foi contratada, aos 16 anos, como assistente geral de uma fábrica de material elétrico da Mooca, a Lorenzetti, para montar, a mão, em uma bancada coletiva, tomadas, soquetes e plugues. Depois de setenta anos na mesma empresa, Cida, hoje encarregada da reposição de peças, ganhou uma homenagem e um prêmio de 70 000 reais. “Eu mexia com alicate, martelo e chave de fenda”, lembra. “Agora, a parte pesada do serviço é feita nas máquinas da linha de montagem.” Aposentada há quarenta anos, ela continua no batente. “Gosto tanto do que faço que nem vi o tempo passar.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s