Mappin: um marco no centro de São Paulo

Iluminação da loja de departamentos da Praça Ramos chegou a atrair meio milhão de pessoas por dia

“Feliz Natal, crédito automático, aqui e agora!”, diziam as placas da fachada do Mappin em dezembro de 1983. Além das compras, a decoração natalina da loja de departamentos também atraía muita gente. Pelo prédio da Praça Ramos transitavam 500000 pessoas por dia, favorecidas pela recém-inaugurada Estação Anhangabaú do metrô. O negócio acabava de completar sete décadas e foi apontado pela edição “Melhores e Maiores” daquele ano da revista EXAME, da Editora Abril, como o de melhor desempenho global no comércio varejista.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s