Nove lugares para as crianças ouvirem histórias

Entre livrarias e biblioteca, separamos boas sugestões de narrativas infantis

Educativa, divertida e gratuita, a contação de histórias é um bom programa para distrair os pequenos. Confira abaixo um lista com alguns lugares que promovem a atividade.

+ O melhor da semana para as crianças


Biblioteca de São Paulo

Aos sábados e domingos, tem contação de histórias às 13h e às 16h. Para este fim de semana (24 e 25) os títulos escolhidos são “Viva a Diferença”, de Ruth Rocha, e “Mistérios da Mata”.


Praça Victor Civita

Todos os domingos a atriz e autora infantil Kiara Terra conta narrativas divertidas para as crianças, em um esforço de incentivo à leitura. Neste dia 25, a brincadeira acontece às 15h.


Centro Cultural São Paulo

Em um espaço projetado para crianças e jovens, com acervo de literatura infanto-juvenil, a narração acontece todos os sábados e domingos às 14h30. Nos últimos sábado e domingo do mês, a contação tem tradução em linguagem de sinais.


Livraria da Vila

Todos os fins de semana, entre 15h e 17h, todas as unidades, com exceção do estabelecimento no Itaim, promovem atividades infantis, sendo grande parte delas contações de histórias.


Sesc Pompeia

A contação está marcada para as 14h30 e 16h do próximo sábado e domingo, com diferentes histórias, poemas, adivinhas e trava-línguas.


Sesc Interlagos

Aqui a brincadeira começa às 15h dos sábados com contos como “Aladim e a Lâmpada Maravilhosa” e A “História do Cavalo Encantado”. A atividade segue até o último fim de semana de outubro.


Sesc Vila Mariana

Às 15h dos próximos sábado e domingo, a Cia. Ateliê Teatro e a Cia. Rodamoinho divertem a garotada com a narração de “Terra Adentro – Histórias do Norte” e “Histórias de Malasartes e Outros Preguiçosos”.


Sesc Pinheiros

Pais, crianças e contadores de história reúnem-se em uma grande roda, das 14h às 15h, todos os sábados e domingos, até o último fim de semana de outubro


Sesc Ipiranga

Neste sábado, às 16h, o texto de Manoel de Barros é explorado tendo como pano de fundo dois livros: “Poeminha em Língua de Brincar” e “Exercício de Ser Criança e Memórias Inventadas – As Infâncias de Manoel de Barros”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s