Lixo de feira atrapalha trânsito na Rua Augusta

Resíduos deixados por donos de barracas são arrastados pela chuva

Levados pela enxurrada provocada por uma forte chuva, restos da feira de domingo (27) da Alameda Lorena desceram a Rua Augusta na tarde do dia seguinte. Um saco preto com bagaços de cana-de-açúcar atrapalhava o trânsito no cruzamento com a Rua Oscar Freire, cena recorrente nos Jardins. “O problema não é de hoje: quando chove, a Augusta vira um rio, que carrega o lixo das calçadas”, diz o jornaleiro Thomas Carlos, com ponto no local há quinze anos. Segundo o Departamento de Limpeza Urbana (Limpurb), é obrigação dos feirantes acondicionar os resíduos das barracas até as 14 horas, a tempo de ser recolhidos no mesmo dia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s