Sé é o bairro com mais lixeiras depredadas

Com 24 700 destruídas<strong> </strong>em toda a cidade,<strong> </strong>3 181 papeleiras foram vandalizadas na região até julho deste ano

Um total de 24 700 papeleiras  – aquelas cestas de lixo verdes penduradas em postes – foram vandalizadas na capital neste ano, até julho. Em 2013, principalmente por causa dos protestos de julho, a quantidade danificada foi 30% maior.

+ Alex Atala e Helena Rizzo fritam pastéis em festival

+ Aplicativo incentiva a interação da plateia em show de humor

+ Pesquisa mostra a relação dos usuários com a tecnologia

Dois consórcios são responsáveis pelas lixeiras na cidade. A Soma, que administra as regiões sul e leste, registrou 14 700 depredações em 2014. Já a Inova, que cuida do centro e das zonas oeste e norte, computou 10 000. O bairro campeão de depredação até julho deste ano foi a Sé, com 3 181 papeleiras destruídas. Na área sob a responsabilidade da Soma, foram vandalizadas 1 933 papeleiras.

+ Vandalismo nas lixeiras da Paulista

Lixeiras nos Jardins enviam mensagem quando estão cheias

Por contrato, os consórcios precisam repor, anualmente, 20% das 120 000 papeleiras instaladas em 2012.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s