Livro conta a história dos uniformes escolares no Brasil

Ao contrário das estudantes de colégios católicos, as alunas do Instituto Presbiteriano Mackenzie esbanjavam ousadia na década de 40

 Ao contrário das estudantes de colégios católicos, que, na década de 40, vestiam uniformes conservadores, as alunas do Instituto Presbiteriano Mackenzie, em Higienópolis, esbanjavam ousadia. Nas aulas de educação física, trajavam camisa polo, short de algodão, meia soquete e sapatilhas. De acordo com o livro A História do Uniforme Escolar no Brasil, somente três décadas mais tarde, com a popularização da helanca, a indumentária das demais escolas se modernizaria. A primeira edição da obra está esgotada, mas a publicitária Isabel Pires, sua idealizadora, busca uma editora interessada em patrocinar uma nova fornada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s