Justiça autoriza transferência de Luana Don para penitenciária

Repórter acusada de envolvimento com o PCC será levada para um presídio feminino no interior do estado

A Justiça autorizou nesta quinta (6) a transferência de Luana Almeida Domingos, conhecida como Luana Don, presa na terça (4) por acusações de envolvimento com o PCC. Chamada por policiais de “musa do crime”, ela será levada para a Penitenciária Feminina de Tupi Paulista, a 655 quilômetros da capital.

A repórter de 32 anos já trabalhou no programa da RedeTV! Superpop, da apresentadora Luciana Gimenez. Ela estava detida na carceragem feminina do 89º DP Portal do Morumbi, na Vila Suzana.

Luana, que também é modelo e advogada, foi presa em uma casa tida como esconderijo da facção em Ilhabela, Litoral Norte de São Paulo. Segundo a polícia, ela fazia parte uma célula denominada “sintonia dos gravatas” – responsável pelos interesses jurídicos do PCC – levando as ordens que seriam executadas fora das cadeias. A Justiça oferecia uma recompensa de até 50 000 reais por informações dela, presente na lista de criminosos mais procurados do estado. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s