Mostra de cinema mudo exibe filmes como antigamente

Jornada Brasileira de Cinema Silencioso traz 37 produções atuais e raridades

Em tempos de cinema com áudio de última geração e imagem em 3D, que tal assistir a filmes em preto e branco — e sem som? A Jornada Brasileira de Cinema Silencioso está de volta desde sexta (6). Serão 37 fitas de cinema mudo, com produções atuais e raridades, a exemplo do boliviano ‘Wara Wara’, de 1930. O destaque neste ano são filmes da Suécia recém-restaurados — acima, ‘Madame de Thèbes’, de 1915. Algumas exibições terão acompanhamento musical ao vivo, feito por instrumentistas como André Abujamra e Turíbio Santos. Além dos filmes, haverá exposição de fotos e roda de debates.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s