Jefferson Rueda se despede do restaurante Pomodori

Chef promete abrir estabelecimento de culinária ítalo-caipira

“Eu me sinto um tuiuiú dentro de uma gaiola.” É assim que Jefferson Rueda explica a decisão de deixar o restaurante Pomodori, onde está há oito anos. Ele vendeu sua participação de 30% na casa à outra sócia, Marina Thompson. E acertou que continuará pilotando o fogão de lá até agosto de 2011. Depois, vai atuar na condição de consultor por quatro anos. “O espaço ficou pequeno demais”, diz. “Não há estrutura para fazer pães, embutidos nem sorvetes.” Para alçar voo, Rueda associou-se a um investidor — cujo nome ainda é mantido sigilo. Promete abrir um novo estabelecimento no segundo semestre do ano que vem. “Farei uma culinária ítalo-caipira.” Seria uma mistura de clássicos da cozinha italiana com receitas das fazendas do interior do Brasil.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s