Instituto teatral Gianni Ratto é inaugurado após a morte do diretor

Memória paulistana

Em 89 anos de vida, o italiano Gianni Ratto (1916-2005) fez história nos palcos. Em Milão, ajudou a fundar o Teatro Piccolo e a dirigir o Scala, no qual trabalhou com a diva Maria Callas. Veio para São Paulo em 1954 para comandar o Teatro Maria Della Costa. Incentivou montagens de autores nacionais e fez também cenários e figurinos. Na foto acima, de 1986, ele dirige Drácula, encenado por Raul Cortez (1932-2006), Carla Camurati e Thales Pan Chacon (1956-1997). Para marcar os quatro anos de sua morte, lembrados em 30 de dezembro, sua família anunciou a abertura do Instituto Gianni Ratto, nas Perdizes, para fevereiro. Com um acervo de 3 800 itens, a casa terá desenhos, cenários, figurinos e uma biblioteca com 3 000 volumes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s