Imprensa internacional destaca feridos em protesto

Jornalistas da rede americana CNN foram feridos por estilhaços de bombas de gás lacrimogêneo

O protesto contra a Copa do Mundo, que reuniu cerca de 50 manifestantes na Zona Leste de São Paulo, ganhou destaque no noticiário internacional devido aos casos em que jornalistas ficaram feridos.

 

A polícia interveio quando os ativistas tentaram fechar a Radial Leste, principal via de ligação entre o centro da capital paulista e a região Leste.

A repórter Sasha Darlington e a produtora Barbara Arvanitidis, ambas da rede americana CNN, foram atingidas por estilhaços de bombas de gás lacrimogêneo. O assistente de câmera do SBT Douglas Barbieri foi ferido no rosto por restos de bombas. Já o argentino Ricardo Abd, da agência de notícias Associated Press, se machucou na perna durante o confronto dos manifestantes com a polícia.

Confira o que disse a imprensa internacional:

 

CNN 

 

 

BBC

BBC

BBC

 

Le Monde 

Le Monde

Le Monde

 

El País

El País

El País

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s