Idas e Vindas do Amor: nem Julia Roberts segura a comédia romântica

Lançado na comemoração do Valentine's Day, filme reúne elenco estelar, mas não é capaz de fisgar a plateia, comovê-la ou provocar simpatia

Além de bater O Lobisomem e Percy Jackson e o Ladrão de Raios, que estrearam na mesma data nos Estados Unidos, Idas e Vindas do Amor conquistou o topo das bilheterias americanas em seu primeiro fim de semana. Lançado estrategicamente na comemoração do Valentine’s Day (o Dia dos Namorados de lá), teve faturamento de 63 milhões de dólares, quase o dobro dos dois concorrentes. Na verdade, muitos espectadores levaram gatos e gatas por lebres. Poucas vezes se viu um elenco tão estelar reunido em uma comédia romântica tão tola e chocha.

O objetivo do diretor Garry Marshall (de Uma Linda Mulher) era fazer o registro de um tumultuado Valentine’s Day em Los Angeles cercando-se de atores de várias gerações. Um dos maiores problemas encontra-se justamente no número abusivo de personagens. Também não há uma história de amor capaz de fisgar a plateia, comovê-la ou provocar simpatia. Astros como Jamie Foxx, Shirley MacLaine, Queen Latifah e o jovem Taylor Lautner (o Jacob Black de Lua Nova) encarnam tipos saídos da imaginação fantasiosa da roteirista de TV Katherine Fugate e jamais da vida real.

Entre as tramas está a do dono de uma floricultura (Ashton Kutcher) às voltas com o pedido de casamento à namorada (Jessica Alba). Há ainda a amiga confidente dele (papel de Jennifer Garner), enganada pelo amante casado (Patrick Dempsey). Anne Hathaway interpreta uma secretária tentando driblar o pretendente careta (Topher Grace) ao atender ligações eróticas de um serviço de telessexo. E Julia Roberts passa a fi a inteira dentro de um avião trocando olhares e sorrisos com o novo galã Bradley Cooper (Se Beber, Não Case!). Aos personagens de Julia e Cooper, aliás, ficam reservados desfechos inesperados que trazem a única surpresinha em meio a um enredo de clichês e mesmices.

Idas e Vindas do Amor, de Garry Marshall (Valentine’s Day, EUA, 2010, 125min). 12 anos. Estreou em 19/2/2010. Anália Franco 3, Boavista 2, Bourbon Espaço Unibanco 4, Bristol 6, Center Norte 5, Central Plaza 10, Cidade Jardim 1, Eldorado 1, Frei Caneca Unibanco 3, Iguatemi 6, Interlagos 7, Interlar Aricanduva 14, Jardim Sul 4, Kinoplex Itaim 6, Marabá 5, Market Place 2, Metrô Boulevard Tatuapé 3, Metrô Itaquera 7, Metrô Santa Cruz 10, Metrô Tatuapé 8, Morumbi — Cine TAM 1, Pátio Higienópolis 5, Pátio Paulista Cinemark 2, Penha 5, Plaza Sul 6, Santana Parque 2, Shopping D 4, SP Market 3, Tamboré 4, Villa-Lobos 5.

AVALIAÇÃO ✪

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s