Funcionários da Fundação Casa entram em greve

Liminar da justiça obriga 70% dos trabalhadores a permanecerem na atividade sob risco de multa

Funcionários da Fundação Casa entraram de greve nesta quinta-feira (10). Os grevistas pretendem fica na porta das unidades de todo os estado para impedir que colegas cheguem ao trabalho. Um liminar do Tribunal Regional do Trabalho determinou que 70% dos funcionários permaneçam trabalhando, sob o risco de multa de 100 000 reais por dia.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), serviços de higiene e alimentação serão mantidos, mas atividades extras não serão contempladas.

O sindicato pede um piso salarial, reajuste real de 53,63% e segurança nos locais de trabalho. O governo do estado ofereceu 3,97% de aumento, que a categoria rejeitou.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s