Após rebelião, 470 presos fogem de penitenciária no interior

De acordo com a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SAP), 338 homens foram recapturados

Mais de 400 presidiários do regime semiaberto fugiram de uma penitenciária em Jardinópolis, a 329 quilômetros da capital. 470 detentos escaparam do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) após um motim na manhã de quinta (28) e, desde então, a polícia faz buscas pelas matas e plantações de cana da região. A informação só foi confirmada pelo governo estadual nesta sexta (30).

+ Pintura no Monumento às Bandeiras divide opiniões

A rebelião começou depois que os detentos ateram fogo em uma oficina de marcenaria, que se espalhou pelo pavilhão do presídio. Um dos motivos alegados é a superlotação do local. De acordo com a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SAP), 338 homens foram recapturados até as 20h de hoje. Todos os presos recapturados perderam o direito ao semiaberto e foram transferidos para unidades penais de regime fechado.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s