Fotojornalista Aurélio Becherini tem exposição na Galeria Olido

Uma série de carruagens se alinhava no Largo da Sé em 1916, quando a atual catedral ainda nem existia (ela só seria inaugurada em 1954). Bondes e carros também circulavam pelo cenário clicado por Aurélio Becherini (1879-1939). Considerado o primeiro fotojornalista da cidade, Becherini foi contratado pelo então prefeito, Washington Luís, para registrar a transformação por que São Paulo passava no início do século passado. Para tirar o retratista do quase anonimato, a Galeria Olido (Tel: 3397-0002) expõe, até o dia 30, São Paulo em Transição, com 44 de suas imagens. Em dezembro, é a vez de a editora Cosac Naify lançar um livro sobre ele.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s