Anitta faz apresentação relâmpago na Parada LGBT

Depois de cantar por 20 minutos, ela pediu desculpas ao público, dizendo que não poderia fazer o show porque já tinha outra apresentação marcada no Rio

Uma das atrações mais esperadas da 21ª Parada do Orgulho LGBT, a cantora Anitta fez na tarde deste domingo (18) uma apresentação-relâmpago de apenas 20 minutos na Avenida Paulista. Ela cantou, no total, seis músicas, entre elas Bang e Paradinha.

No final, a cantora pediu desculpas pelo mal-entendido. “Foi só uma palhinha, pessoal. Tenho de estar no Rio para um show hoje à noite.” Anitta foi homenageada pelo trio elétrico da festa Chá de Alice.

Pela manhã, a cantora já tinha avisado pelas redes sociais que não faria um show durante a festa. “Infelizmente, quando me convidaram para fazer meu show, eu já tinha um outro marcado no Rio. Minha equipe não teria tempo para os dois eventos. É claro que dei meu jeitinho de dar uma palhinha, mas infelizmente não será meu show como vem sendo divulgado desde o início”, explicou Anitta pelo Twitter.

❤️💛💚💙💜 na cara das gayyyyyy

A post shared by anitta 🎤 (@anitta) on

Em compensação, a cantora Daniela Mercury fez uma apresentação completa em cima do trio elétrico, animando o público presente. Ao lado de sua mulher, Malu Verçosa, ela apareceu com um body preto decotado, exibindo boa forma e trocando beijos apaixonados com a amada.

Malu Verçosa e Daniela Mercury se beijam no alto do trio elétrico, durante a Parada LGBT (Reprodução/Twitter/Veja SP)

Outros famosos também marcaram presença no evento e postaram a festa nas redes sociais.

Leandra Leal e Fafá de Belém

Vem pra #ParadaSP!!! O trio #DivinasDivas tá um lacre de gente incriveland. #ParadaLGBT

A post shared by Leandra Leal (@leandraleal) on

Fernanda Lima

Tô que tô! 🇧🇷♥️🦋 #diversidade #amor #amor #21paradadoorgulholgbt2017

A post shared by Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) on

Ao lado de Gerson Couto, bailarino de sua equipe do programa Amor & Sexo

Nós amamos muito viver!!! Parada gay – São Paulo. 2017. #amoresexo #fernandalima #paradagay #saopaulo #gersoncouto

Uma publicação compartilhada por Gerson Couto (@gersoncoutooficial) em

Fernanda Lima e Viviany Beleboni, a transexual que surgiu crucificada na edição de 2015 do evento e que, neste ano, protesta contra o preconceito no mercado de trabalho

Pabllo Vittar

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s