Exposição ‘Deslocamento’ reúne pedaços de outdoors e cartazes

Quando a Lei Cidade Limpa vingou, o artista carioca radicado em São Paulo Sandro Akel viu ameaçada sua arte, calcada em pedaços de outdoors e de cartazes lambe-lambe. Começou então a andar por cidades vizinhas. Em uma viagem à Europa, encheu meia dúzia de malas com restos de propagandas. “Embarquei com 50 quilos de papel”, conta Akel, que, verdade seja dita, é favorável à lei de combate à poluição visual. O resultado da coleta está em cartaz até sábado (24) na exposição ‘Deslocamento’, no número 336 da Rua Líbero Badaró. “A ideia foi ocupar um apartamento no centro.” E não é qualquer apartamento, mas um de 240 metros quadrados em um prédio centenário projetado por Ramos de Azevedo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s