Estação Pinheiros de trem ganha aquário com duzentos peixes

Entre as pontes Eusébio Matoso e Cidade Universitária, nadam duas centenas de peixes de oito espécies. Tem lambari, lambari-do-raboamarelo, jundiá, pacu, tilápia, bagre, tucunaré e dourado. Calma. Eles não agonizam nas águas sujas do Rio Pinheiros. Estão em um aquário de 2 000 litros na Estação Pinheiros da CPTM, à beira da Marginal. “São peixes da fauna da Bacia do Tietê, em Barra Bonita”, explica Ricardo Assumpção, diretor-geral da Grape Exclusive Marketing, empresa contratada pela Sabesp, idealizadora do aquário. “A ideia é mostrar que tipo de vida os rios paulistanos teriam caso suas águas não fossem poluídas.” Para ficar frente a frente com os peixes, basta pagar o bilhete (2,65 reais) e passar pela catraca.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s