Escola de música estreia órgão positivo (portátil)

Peça do Emesp é avaliada em 66 000 reais

A Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp) estreia neste domingo (22), às 16 horas, na Capela do Colégio Santa Marcelina, em Perdizes, seu órgão positivo, avaliado em 66 000 reais. “Positivo”, nesse caso, significa portátil. Com mais de 150 tubos de madeira concentrados em um gabinete com menos de 2 metros de largura, ele consegue levar o som dos órgãos de igreja para outros espaços. Inventado no fim do século XVI, esse instrumento é usado na execução de obras barrocas, como composições de Bach e Händel. “Só existe um órgão positivo no Brasil com o mesmo nível de qualidade, mas está quebrado”, diz Alessandro Santoro, professor da Emesp.

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s