Erro de português em concurso público em Cubatão cria polêmica

Caderno de provas trazia a palavra 'deficiência' escrita incorretamente como 'dificiência'

 

Um erro de português em um concurso para trabalhar na cidade de Cubatão, na Baixada Santista, criou polêmica. Na capa do caderno da prova para a vaga de Professor de Educação, a palavra “deficiência” foi grafada incorretamente como “dificiência”.

Aplicado no último domingo (22), esse teste teve mais de 15 000 candidatos. Outro ponto da prova que causou confusão foi o número “02/2014”, que também aparecia na primeira página da prova. O que parecia ser o mês (fevereiro) e o ano (2014) da realização da prova, na verdade, trata-se de número do concurso e ano de publicação do edital.

+ Confira as últimas notícias

O Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), que produziu o teste, defendeu-se afirmando que foi um “erro de digitação”. A prefeitura de Cubatão, por sua vez, disse que vai apurar o caso e informou que o equívoco não compromete a compreensão da prova e que, por isso, não haverá anulação. 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s