Encontrada em obra, imagem do artista plástico John Graz é restaurada

Há um mês, quando uma casa na Rua Peixoto Gomide que vai virar restaurante começou a ser reformada, os pedreiros encontraram um afresco pintado em 1934 pelo artista plástico suíço John Graz. “Tinha um tapume e uma parede na frente, escondendo-o”, conta o empresário Lalo Zanini. Eufórico com a descoberta, ele contratou por 16 000 reais uma equipe de três restauradores para deixar a pintura, que tem 1,70 metro de altura por 3,40 de largura, novinha em folha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s