Empresária baiana Fernanda Rolim cria própria grife de roupas, a Left

Sigla para l'enfant terrible, a marca tem como um de seus inspiradores o estilista inglês Alexander McQueen

Bonita por natureza e rica porque assim quis o destino, a empresária baiana Fernanda Rolim realizou recentemente o sonho de criar sua própria grife de roupas. Batizada de Left, sigla para l’enfant terrible, a marca tem como um de seus inspiradores o estilista inglês Alexander McQueen, que cometeu suicídio em fevereiro último. E será dedicado a ele o primeiro grande evento da moça, na quarta (31): um desfile para 250 pessoas, no Iate Clube de Santos, em Higienópolis. “O primeiro, em dezembro, foi um petit comité na sala da minha casa”, lembra ela, que faz mistério quanto ao conteúdo da homenagem. “Será uma surpresa.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s