Em um dia, Monumento às Bandeiras é pichado duas vezes

Obra do escultor Victor Brecheret foi alvo de manifestantes que protestam contra a PEC 215

Um dos maiores cartões-postais de São Paulo amanheceu pichado. O Monumento às Bandeiras, perto do Parque do Ibirapuera, na Zona Sul da cidade, foi alvo de manifestantes que protestavam contra a PEC 215, que tira do poder executivo a responsabilidade sobre a delimitação de áreas indígenas no Brasil. 

Entre terça (1) e quarta-feira (2), a escultura foi pichada duas vezes. A primeira com os dizeres “PEC 215 não” e “bandeirantes assassinos”. O segundo ato de depredação, na noite de ontem, colocou tinta vermelha na obra. O Monumento às Bandeiras é uma obra do escultor Victor Brecheret, inaugurada em 1953. 

Além das pichações, um grupo de índios também foi às ruas protestar contra a PEC. Eles se reuniram no vão do Masp, em São Paulo, na tarde de quarta (2), mas o ato teve adeptos em todo o Brasil. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s